UMA EMPRESA DE VALOR

A PUR é uma empresa de capital exclusivamente nacional direcionada a todos os setores da indústria que demandam por produtos e equipamentos eficientes nas soluções tecnológicas para abrasão, contenção, amortecimento, alinhamento e transporte de produtos.

Desde sua constituição investe incessantemente em pesquisas para promover melhorias contínuas em seus produtos e apresentar inovações tecnológicas que buscam reduzir a produção do lixo industrial.

A PUR se orgulha em ter se tornado referência em soluções técnicas para revestimentos e peças resistentes ao desgaste por abrasão e de ser uma empresa de valor reconhecida por seus colaboradores, clientes, parceiros e pela certificação ISO 9001:2008.



MISSÃO

Produzir equipamentos industriais e peças técnicas com alto padrão de qualidade, atendendo aos aspectos legais, éticos e socioambientais, tendo a satisfação do cliente como fator crítico de sucesso.


VISÃO

A PUR pretende ser percebida no mercado mundial como um centro de excelência de qualidade na fabricação de seus produtos.


VALORES


POLÍTICA DE QUALIDADE

Manter uma gestão transparente fundamentada na melhoria contínua da qualidade de seus produtos e serviços, buscando alcançar a excelência operacional.



VÍDEO 20 ANOS PUR


HISTÓRIA

Empresa brasileira fundada em 1995, mas com know-how formado desde 1968, quando foi pioneira na produção de peças em poliuretano no Brasil.

Além da expertise em revestimentos de poliuretano resistentes a abrasão, em 1996, a PUR introduziu em sua linha de produtos uma nova concepção de raspadores de correias transportadoras, buscando alinhar custo-benefício e praticidade ao cliente.

Nos anos seguintes, aprimorou sua linha de revestimentos com a fabricação de placas revestidas em cerâmica sob a marca PURTEC®. Em nome da sustentabilidade e redução do lixo industrial, inovou ao oferecer ao mercado o único serviço eficiente de recuperação de lâminas raspadoras, possibilitando a reutilização de lâminas em até três vezes.

Sempre buscando a melhor eficiência operacional, aliada mais uma vez à redução de lixo industrial e à busca de condições de trabalho mais seguras na manutenção de sistemas de descarga de materiais, a PUR disponibilizou o Sistema Lateral Articulável. Outros desenvolvimentos calcados nos mesmos valores foram as lâminas base/refil e as roldanas alinhadoras de correias transportadoras.

Aspirando ser uma empresa de referência nacional, em 2007, a PUR iniciou a construção de nova sede em uma área de 20.000 m². Com a colaboração de toda a cadeia, em 2010 inauguramos com muito orgulho nossa sede atual, estrategicamente pensada para o futuro crescimento.

Como a PUR também busca a melhoria contínua, em 2012, conquistou a certificação ISO e, desde então, investe para aprimorar seus processos e seu sistema de gestão.

O ano de 2015, em comemoração aos 20 anos da fundação, foi o ano de se reinventar, renovar a marca, lançar novos produtos e encarar projetos desafiadores.

slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide
slide

PRODUTIVIDADE


A fábrica foi dimensionada para atender aos pedidos de fabricação no menor prazo possível, mantendo a mesma qualidade comprovada por nossos clientes. Para tanto, conta com equipamentos sempre revisados por um eficiente controle de manutenção preventiva e, para evitar qualquer transtorno para nosso cliente final, contamos com um departamento específico de controle de qualidade, ensaios e testes.

Nossos profissionais de vendas, com perfil técnico e especializado, atendem ao cliente de forma mais abrangente e personalizada, pois sabem das reais necessidades do mercado industrial. Como atuamos em âmbito nacional, mantemos nossa equipe na maioria dos estados brasileiros, proporcionando um pronto atendimento. A assistência técnica contínua oferecida aos nossos clientes é um serviço ativo de pós-venda, gerando tranquilidade e confiança.

FABRICAÇÃO

A área de fundição está equipada com o que há de mais moderno para a fabricação de peças técnicas em elastômero de poliuretano moldados por vazamento.

O setor de ferramentaria produz as próprias matrizes para a fundição das peças.

A fábrica possui amplos setores de usinagem e solda para dar sequência na montagem de peças e equipamentos.

O fluxo de fabricação trabalha em conjunto com o departamento de projeto e desenho, que conta com profissionais dinâmicos e com larga experiência em softwares de CAD CAM e de modelagem paramétrica.



PRODUTOS

Equipamentos

  • Robustos e de mecânica simples
  • Eficiência entre 90 e 98%
  • Os únicos acionados sobre rolamentos

4 anos de GARANTIA nos equipamentos

Raspadores Primários:

Raspadores Secundários:

Lâminas:

Substituição rápida e fácil para qualquer velocidade de correia e tipo de material transportado.

Em superpoliuretano oferecem o melhor custo-benefício do mercado.

Apresenta suporte por amortecedores com reação independente por lâmina.

Lâminas Primárias:

Lâminas Secundárias

Sinônimo de economia em Correias Transportadoras:

  • Considerando o valor do material transportado, o investimento em vedações amortiza-se entre 30 e 60 dias.

  • A vedação tem uma eficiência de limpeza superior a 95% dos materiais transportados, evitando assim a contaminação ambiental.

Tipos de Raspadores Verticais/Vedações:

É muito mais rápido e econômico que reformar a parte inferior do chute e a respectiva vedação.

Como o próprio nome diz: é um sistema que articula, favorecendo a manutenção, sendo fornecido com chapas de desgaste em CDP ou PURSINTER e vedações laterais em poliuretano correspondentes à inclinação da correia.

Classes de Trabalho do Sistema Articulável:

  • Leve
  • Semipesada
  • Pesada

Uma correia bem alinhada proporciona um carregamento centralizado e uniforme, evitando o transbordamento e reduzindo o atrito da correia contra a estrutura.

Sem transbordamento, a vida útil dos roletes é favorecida e o desgaste da correia é uniforme, significando menor custo.

Classes de trabalho:

  • Leve
  • Semipesada
  • Pesada

Tipos:

São fornecidos na forma de placas constituídas por cerâmicas vulcanizadas em poliuretano sendo totalmente utilizadas, pois mesmo que a cerâmica se quebre, não se desprende da placa.

São usadas em chutes, silos ou calhas, na área de minerais com granulometria fina ou pelotas com temperatura operacional até 120°C.

Sua resistência supera várias vezes o poliuretano puro, o aço manganês, o CDP ou aborracha.

As placas cerâmicas são fornecidas em diversos formatos, podendo ser lisas ou com retenção.

Características

  • São silenciosos;
  • Amortecem suavemente;
  • Suportam até 80% de deformação;
  • Insuperável em absorção de impactos;
  • Dimensões para todas as capacidades;
  • Substituem equipamentos hidráulicos com vantagem e economia, sem manutenção e sem barulho.

Aplicações:

  • Elevadores;
  • Guindastes;
  • Pontes Rolantes;
  • Instalações Portuárias;
  • Equipamentos Especiais

Aumente a vida útil das tubulações existentes com o uso do Conector Cônico PUR.

Esta é a solução para os problemas de vazamentos localizados, pois sua conicidade interna forma uma rampa entre as conexões, favorecendo a passagem do fluxo do material transportado, independente da vida útil das tubulações, eliminando de vez esse tipo de problema.

Vida útil 20 vezes superior se comparado ao revestimento em poliuretano comum.

Vida útil 06 vezes superior se comparado ao revestimento em poliuretano de alta performance.

Tubos retos, com revestimento Pursinter, são produzidos com indicadores de giro em três posições, permitindo sua reutilização por até três vezes antes da substituição definitiva.

Seu peso é praticamente o mesmo das tubulações tradicionais.

PRINCÍPIOS BÁSICOS PARA A APLICAÇÃO:

  • As partículas redondas não devem ser de granulometria superior a 10 mm (consulte tabela de aplicação de bombas).

  • As partículas pontiagudas não devem ser superiores a 4 mm (consulte tabela de aplicação de bombas).

  • A temperatura operacional não deve ultrapassar 50°C.

  • Onde existem riscos de cortes acidentais, não devem ser usadas volutas ou blindagens substituíveis por parafusos e, sim, revestimentos aderidos diretamente ao metal.

  • Onde a entrada da força é excessivamente alta, não se deve usar nenhum rotor de elastômero e, sim, rotores metálicos específicos.

2015 – Marcado pela diversificação direcionada para o mercado de eletrônica industrial;

Nesta nova área de atuação, a PUR tem seu foco no desenvolvimento e na fabricação, sob encomenda, de sensores e equipamentos eletrônicos industriais, customizados.

Com soluções inéditas para aplicações cujos requisitos ainda não são atendidos por produtos de linha seriada disponíveis no mercado, a PUR pretende tornar as operações e informações unidades industriais mais confiáveis, seguras, controláveis e produtivas.

PUR no segmento da Eletrônica Industrial

SERVIÇOS



O serviço de assistência técnica é oferecido gratuitamente aos clientes com o intuito de "assistir tecnicamente" - como o próprio termo sugere - a execução dos serviços de montagem, reposicionamento, ajustes ou regulagens realizados em equipamentos de fabricação PUR. Os profissionais são qualificados e capacitados em treinamentos técnicos e específicos de manutenção, para garantir uma perfeita sinergia operacional com o cliente.

Quanto maior o volume de equipamentos PUR em operação, maior é a necessidade de um contrato de serviços com profissionais especializados. Essa carência ocorre quando as equipes de serviço dos clientes optam por priorizar a manutenção de peças e equipamentos que geram impacto negativo no próprio processo produtivo. Essa é a atitude correta, mas, em um segundo momento, o impacto na limpeza das áreas é sempre visível e ocorre geralmente após as paradas preventivas, quando os equipamentos PUR não passaram por qualquer tipo de manutenção. Com uma equipe própria, a PUR assumiria a manutenção dos equipamentos de raspagem e vedação, mantendo a área limpa, enquanto a manutenção do cliente canalizaria seus esforços na produção do produto final.

Primando pela excelência no atendimento aos clientes com contrato, um gerente de qualidade de serviços da PUR realizará frequentes visitas avaliando a ocorrência de falhas no atendimento e o motivo de não conformidades. Com essas visitas, serão apontados e reportados aos clientes, via relatório, as dificuldades ou problemas que possam interferir na qualidade da execução dos serviços.


MEIO AMBIENTE


Política de Meio Ambiente



A PUR fundamenta o Sistema de Gestão Ambiental em quatro linhas principais de trabalho que norteiam suas ações ambientais:

ATENDIMENTO À LEGISLAÇÃO: visa manter, constantemente, o atendimento às exigências da legislação ambiental.

ECOEFICIÊNCIA: a busca pela ecoeficiência se dá por meio de ações voltadas para o uso eficiente de matéria-prima, gerenciando de forma planejada e preventiva os aspectos ambientais de suas atividades, protegendo sempre o solo, a atmosfera e a água.

BUSCA DA MELHORIA CONTÍNUA DA GESTÃO AMBIENTAL: é uma responsabilidade da empresa e de todos os colaboradores, reforçando o comprometimento ambiental junto a clientes, fornecedores e comunidade.

EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO: a empresa desenvolve ações de sensibilização relativas às questões ambientais para seus colaboradores, através de suas campanhas de educação ambiental.

Coleta seletiva e reciclagem



"Responsabilidade social"

Após a coleta seletiva, o papel e papelão são doados para a Associação de Catadores de Papel de Contagem – ASMAC, beneficiando famílias e a comunidade onde ela está inserida.

Todo o resíduo sólido é destinado às empresas licenciadas por órgãos ambientais, para fins de reprocesso de forma técnica e ambientalmente viável, acarretando a redução do impacto ambiental e o desenvolvimento sustentável.





SSO



Compromisso

Saúde e segurança são valores fundamentais para a PUR. Visando este objetivo, a empresa segue, rigorosamente, a legislação trabalhista e desenvolve programas e projetos que garantem a integridade física e mental de seus colaboradores, estimulando-os a refletir e tomar atitudes seguras que previnam acidentes e doenças ocupacionais e corrijam procedimentos inadequados.


Política de segurança ocupacional



Diretrizes

As ações que refletem nossas Diretrizes de Zero Lesões e Zero Acidentes são:


Brigada de incêndio

Mantemos em nossas instalações a Brigada de Incêndio, devidamente treinada e em conformidade com a Instrução Técnica – 12 do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais – CBMMG, que tem por objetivo contribuir para que a edificação esteja eficazmente protegida contra riscos de incêndio, prestando assim o primeiro combate em caso de sinistro.

Suas principais ações emergenciais são:

  • Identificação da situação.
  • Alarme/Abandono de área.
  • Corte de energia.
  • Acionamento do Corpo de Bombeiros e/ou ajuda externa;
  • Primeiros socorros.
  • Combate ao inicio de incêndio.

Cipa

A nossa Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA – é constituída, organizada, treinada e dimensionada de acordo com a NR-05, tendo como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a compatibilizar, permanentemente, o trabalho, a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.



CERTIFICAÇÕES



Este selo tem por base os requisitos da Norma Brasileira NBR ISO 9001, que promove a adoção de um processo para o desenvolvimento, a implementação e a melhoria da eficácia de um Sistema de Gestão de Qualidade para aumentar a satisfação dos clientes internos e externos.



PARCEIROS





A PUR mantém parcerias duradouras em todo o Brasil. Uma das provas da idoneidade e competência da empresa.Passe o mouse sobre o mapa à direita para visualizar nossos parceiros por estado.

BAHIA

  • Mineração Caraíba;
  • Mineração Fazenda Brasileiro;
  • Mineração Jacobina;

MINAS GERAIS

  • VALE – Mina Cauê – Itabira;

  • VALE – Mina de Conceição– Itabira;

  • VALE – Mina de Timbopeba – Ouro Preto;

  • VALE – Mina Alegria - Mariana;

  • Samarco Mineração Mina Germano – Mariana;

  • VALE – Mina de Fabrica – Congonhas;

  • VALE – Mina Córrego do Feijão – Brumadinho;

  • VALE – Mina Capitão do Mato – Nova Lima;

  • VALE – Mina de Vargem Grande – Nova Lima;

  • VALE – Mina do Pico – Itabirito;

  • VALE – Mina de Brucutú – São Gonçalo do Rio Abaixo;

  • CSN – Companhia Siderúgica Nacional – Congonhas;

  • Usiminas – Ipatinga;

  • Vallourec & Mannesmann do Brasil – Belo Horizonte;

  • VALE Fertilizantes S/A – Uberaba;

  • VALE Fertilizantes S/A – Tapira;

  • CBMM – Cia Brasileira de Metalurgia e Mineração - Araxá

RIO DE JANEIRO

  • CSN – Companhia Siderúrgica Nacional – Porto de Itaguaí;

  • CSN – Companhia Siderúrgica Nacional – Volta Redonda;

  • VALE – TIG – Terminal da Ilha de Guaíba - Mangaratiba;

  • VALE – CPBS – Terminal da Companhia Portuária da Bacia de Sepetiba – Itaguaí;



  • Gerdau – Santa Cruz;

SERGIPE

  • VALE – Mina Taquari – Rosário do Catete

MARANHÃO

  • VALE – Porto de São Luis – São Luis
  • VALE – Usina de Pelotização – São Luis

MATO GROSSO DO SUL

  • Mineração Corumbaense Reunidas – Corumbá
  • VALE - Mineração Urucum – Corumbá

GOIÁS

  • Ultrafértil S/A – Catalão
  • Copebrás – Catalão
  • Anglo American - Ouvidor

SÃO PAULO

  • Usiminas – Cubatão;
  • Ultrafértil S/A – Cubatão

PARÁ

  • Alunorte – Barcarena
  • Albrás – Barcarena
  • MRN – Mineração Rio do Norte – Porto Trombetas
  • VALE – Mina Serra dos Carajás - Parauapebas
  • VALE - Mina do Sossego – Canaã dos Carajás

ESPÍRITO SANTO

  • VALE – Porto Ponta de Tubarão – Vitória
  • VALE – Pelotização – Vitória
  • CST – Vitória
  • Samarco Mineração Ponta de Ubú – Anchieta

INFORMAÇÕES



O que é Poliuretano Fundido?


Elastômeros de poliuretano são ligas de alto peso molecular cujas bases se identificam por vários grupos de uretanos. Todos os elastômeros de poliuretano são fabricados pelo sistema de adição de isocianatos e resinas de base poliéster ou poliéter (éster ou éter) acrescido de produtos que definem as características do material, ou seja, aditivos para resistência hidrolítica, silicone para resistir melhor ao desgaste ou autolubrificação, anti-ozônio, antimicrobiano etc. A princípio, temos que separar os poliuretanos fundidos em dois grupos, dependendo da sua aplicação.

Poliuretanos de Alta Performance ou Superpoliuretanos


Eles foram desenvolvidos, especificamente, para os trabalhos pesados, resistindo nas suas características, ao máximo, às exigências operacionais. Mundialmente, para poliuretanos de alta performance, existem o fabricante de matéria-prima e o processador. Este é processado pela indústria que o fabrica de acordo com as formulações básicas do fabricante de matéria-prima que garante as características do poliuretano, desde que seja escolhido o tipo correto para cada produto. As empresas que dominam o mercado mundial em matérias-primas são praticamente:

  • Chemtura - E.U.A.
  • Air Products - E.U.A.
  • Bayer - Alemanha.

(Todas com filiais e fábricas no Brasil)

Poliuretanos de Baixa Performance


Eles foram desenvolvidos para um mercado consumidor sem exigências e não suportam trabalho pesado, razão pela qual, com raras exceções, não deveriam ser usados para peças técnicas. Apesar de o seu custo ser três vezes menor que o dos poliuretanos de alta performance, ele apresenta o dobro ou o triplo do custo operacional final, na maioria das vezes.

Para poliuretanos de baixa performance, não existem muitos critérios e investimentos necessários para a fabricação de matérias-primas. O custo é baixo e eles não exigem estudos para desenvolver características específicas para aplicações diversas.

Como especificar, controlar e comprar poliuretanos fundidos?


1) Análise pela vida útil prevista e desejada: qual será o material básico necessário e o indicado pela aplicação?
A) ÉSTER (não utilizá-lo em operações úmidas, para se obter vida útil superior a 1 ano);
B) ÉTER.

2) Estabeleça uma garantia mínima operacional em horas, meses etc.
Ex.: 80% da vida útil prevista.

3) Caso possua controle de durabilidade das peças, exija, além do preço unitário, que a proposta seja apresentada com garantia de custo operacional por hora, dia ou mês.
Ex.: preço unitário: R$ 300,00 - garantia 90 dias.
Exigimos custo operacional inferior a R$ 3,33 por dia, sujeito a reposição futura e suspensão em compras futuras, até a legalização do débito.

4) Assegure-se com base em normas e ensaios para, teoricamente, receber o solicitado. Os ensaios exigem corpos de provas e geram custos, portanto, devem ser simplificados, escolhendo-se os que poderão ser feitos realmente. Não peça, por exemplo, 20 características físicas, quando se sabe que nenhuma delas terá condição de ser conferida. 90% das aplicações podem ter suas características físicas comprovadas por apenas 2 ou 3 testes: por abrasão, rasgo, tração e ruptura.

5) Solicite que todas as peças, desde que haja espaço, sejam fornecidas e gravadas com o mês e o ano de fabricação.

6) Não deixe de estabelecer normas no recebimento para eventuais procedimentos de ensaios de corpos de prova, caso opte por este controle.

7) É importante fazer o acompanhamento da durabilidade das peças em operação, como cobrar eventuais débitos dos fornecedores que não atingem as durabilidades.

NÃO DEIXE SEU FORNECEDOR SENTIR QUE NÃO HÁ CONTROLE E ACOMPANHAMENTO. ISTO É ESSENCIAL PARA QUE NÃO SE RECEBAM MATERIAIS DE BAIXA PERFORMANCE QUE CUSTAM MENOS DA METADE NA AQUISIÇÃO E NÃO DURAM NEM 20% (VINTE POR CENTO) DOS OUTROS.

Patentes


A PUR, ao longo da sua história, sempre mantém uma reserva de orçamento para pesquisas no intuito de apresentar soluções inovadoras a seus clientes. Esta política é traduzida pelo potencial criativo apresentado pela grande quantidade de patentes registradas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI.

O mercado brasileiro é carente de empresas com este perfil e deve entender que estes produtos tenham uma pequena sobrecarga no custo, para o retorno dos investimentos em pesquisa. Este acréscimo, no custo inicial, é irrisório face aos benefícios que irão se apresentar, com a evolução da técnica.

Para a PUR, o desenvolvimento de um novo produto ou de uma solução para seus clientes é motivo de orgulho. Um bom produto reduz a mão de obra direta em manutenção corretiva e aumenta a produtividade das empresas. A PUR continuará a promover a inovação tecnológica, mantendo-se como referência na indústria nacional, consolidando sua capacidade de competir com empresas locais e, principalmente, com empresas multinacionais, que, infelizmente, no Brasil, ainda são estigmatizadas como sendo melhores.

Exija a qualidade dos produtos adquiridos e garanta a produtividade de sua empresa!


PURDENTRO




CONTATO



Fale conosco. Este é o nosso meio de comunicação em caso de dúvidas, sugestões, reclamações e elogios. Preencha o formulário abaixo e envie sua mensagem.





Av. Geraldo Rocha, 1300 - Chácara Cotia

Contagem/MG - CEP: 32183-054 contatos@pur.ind.br
Tel.: +55 31 3045-8222

Fax.: +55 31 3045-8224